Webinar Ex Módulo 1: Perguntas e Respostas – Parte 7

Pergunta:

Preciso encaminhar um cabo de rede entre 2 caixas com certificação Ex “e” como devo fazer a passagem do cabo de rede?

Resposta:

Os requisitos de especificação e instalação de cabos em áreas classificadas estão detalhados na Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-14 (Atmosferas explosivas – Parte 14: Projeto, seleção e montagem de instalações elétricas).

Esta importante e fundamental Norma, considerada como a “cartilha” das instalações “Ex” deve ser de conhecimento e aplicação obrigatório por parte das empresas e dos profissionais envolvidos com serviços de projeto, seleção de equipamentos “Ex” e montagem de instalações em atmosferas explosivas.

No caso específico citado, os cabos devem ser instalados, por exemplo, em um sistema de bandejamento que proporcione uma proteção mecânica dos cabos contra impactos mecânicos.

Os cabos devem atender os requisitos especificados na Norma ABNT NBR IEC 60079-14, incluindo resistência superficial da capa e possuir isolamento interno compacto (ver Anexo E daquela Norma). Os requisitos técnicos de especificação de cabos para instalação em atmosferas explosivas estão detalhados na Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-14 (Atmosferas explosivas Parte 14: Projeto, seleção e montagem de instalações elétricas), Seção 9 (Cabos e sistemas de fiação).

Podem ser citados como exemplo de especificações técnicas para cabos a serem instalados em atmosferas explosivas, dentre outros, a resistência superficial de capas mínima de 8.5 MPa e serem encapados com material termoplástico, termofixo ou elastomérico. Estes cabos devem ser circulares e compactos, possuir capa e material de preenchimento (se existente) extrudados e não higroscópicos.

Além disto, o Anexo E (Ensaio de respiração restrita para cabos) apresenta um procedimento simples de testes de cabos, a ser executado pelos usuários, empresas de montagem ou fabricante dos cabos, sobre estes serem ou não “compactos”.

Não existem necessariamente cabos “específicos” para áreas classificadas. Existem no mercado cabos que atendem aos requisitos técnicos para utilização em áreas classificadas, tanto em instalações fixas como móveis.

Podem ser encontrados no mercado fabricantes de cabos que indicam, em seus catálogos, o atendimento aos requisitos da Norma IEC 60079-14, facilitando a sua aplicação por parte dos usuários ou proprietários das instalações “Ex”.

As entradas de cabos nas caixas Ex “e” devem ser feitas por meio dos prensa-cabos Ex “e” que provavelmente tenham sido fornecidos juntamente com as caixas Ex “e”.

Após a conclusão das montagens de equipamentos e instalações “Ex” devem ser aplicadas as listas de verificação especificadas na Norma Técnica Brasileira ABNT NBR IEC 60079-17 (Atmosferas explosivas – Parte 17: Inspeção e manutenção de instalações elétricas), com nível de inspeção “detalhado”.

 

Pergunta:

Diante de tantas possíveis falhas na gestão do ciclo de vida de equipamento Ex ou instalações em atmosferas explosivas, como se dá a responsabilização jurídica em caso de acidentes em função de falhas?

Resposta:

A responsabilização pela segurança dos equipamentos e das instalações em atmosferas explosivas é direcionada aos proprietários.

Cabe aos proprietários das instalações o devido atendimento aos requisitos normativos e legais aplicáveis, de forma que suas instalações estejam adequadamente seguras, incluindo a proteção das pessoas e do meio ambiente.

Em caso de acidentes ou fontes de ignição em áreas classificadas que resultem em explosões e acidentes catastróficos, os proprietários serão acionados pelas Comissões de Investigação de acidentes, de forma a evidenciar a aplicação de um devido sistema de gestão de segurança dos ativos “Ex”, incluindo o atendimento dos requisitos de classificação de áreasprojeto, montagem, inspeções iniciais e periódicas, manutenção e reparos dos equipamentos e instalações “Ex”, que são especificados nas Normas Técnicas Brasileiras da Série ABNT NBR IEC 60079 – Atmosferas explosivas.

Desta forma os proprietários dos equipamentos e instalações “Ex” devem estar cientes dos riscos e perigos decorrentes da existência de áreas classificadas com a presença de atmosferas explosivas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis e estabelecer os procedimentos adequados para uma gestão de segurança em atmosferas explosivas que tenha como abrangência o “ciclo total de vida” dos equipamentos e instalações “Ex”.

Fazendo uma analogia entre a segurança das instalações em atmosferas explosivas e uma “corrente metálica”, todos os “elos” desta “corrente de segurança” devem estar fortes o suficiente para que não existam fontes de ignição ativas em áreas classificadas que sejam capazes de causar uma explosão em caso de eventuais perdas de contenção por parte dos equipamentos de processo, de vazamentos de gases inflamáveis ou poeiras combustíveis, e da presença de atmosferas explosivas.

Como é de conhecimento geral, uma corrente sempre quebra em seu “elo mais fraco”. A resistência máxima proporcionada por uma corrente é definida pelo seu “elo mais fraco”. Os proprietários das instalações “Ex” devem atuar no sentido de que o sistema de gestão de segurança dos ativos em áreas classificadas assegure que todos os “elos” da corrente de segurança “Ex” estejam devidamente “fortes”.

 

Pergunta:

Qual a norma estabelece os requisitos técnicos para cabos utilizados em área classificada?

Resposta:

Os requisitos de especificação e instalação de cabos em áreas classificadas estão detalhados na Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-14 (Atmosferas explosivas – Parte 14: Projeto, seleção e montagem de instalações elétricas).

Esta importante e fundamental Norma, considerada como a “cartilha” das instalações “Ex” deve ser de conhecimento e aplicação obrigatório por parte das empresas e dos profissionais envolvidos com serviços de projeto, seleção de equipamentos “Ex” e montagem de instalações em atmosferas explosivas.

Os cabos devem atender os requisitos especificados na Norma ABNT NBR IEC 60079-14, incluindo resistência superficial da capa e possuir isolamento interno compacto (ver Anexo E daquela Norma). Os requisitos técnicos de especificação de cabos para instalação em atmosferas explosivas estão detalhados na Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60079-14 (Atmosferas explosivas Parte 14: Projeto, seleção e montagem de instalações elétricas), Seção 9 (Cabos e sistemas de fiação).

Podem ser citados como exemplo de especificações técnicas para cabos a serem instalados em atmosferas explosivas, dentre outros, a resistência superficial de capas mínima de 8.5 MPa e serem encapados com material termoplástico, termofixo ou elastomérico. Estes cabos devem ser circulares e compactos, possuir capa e material de preenchimento (se existente) extrudados e não higroscópicos.

Além disto, o Anexo E (Ensaio de respiração restrita para cabos) apresenta um procedimento simples de testes de cabos, a ser executado pelos usuários, empresas de montagem ou fabricante dos cabos, sobre estes serem ou não “compactos”.

 

Módulo 1: Respostas às perguntas elaboradas no dia 16/04/2021, no período das 14h10 às 16h40.

×

Atendimento

× Precisa de ajuda?